No dia 5 de setembro, a Schneider Electric fez o que eu considero ser um importante anúncio: Os sistemas Back-UPS e Smart-UPS da Schneider Electric tornaram-se nas primeiras fontes de alimentação ininterrupta a receber a certificação Energy Star. A forma como isso aconteceu é uma interessante história sobre iniciativa e trabalho de equipa numa escala global.

Os produtos UPS foram acrescentados ao rol Energy Star a 10 de maio de 2012, sendo a primeira categoria de produtos novos a ser adicionada ao programa desde as suas significativas mudanças no processo de qualificação de produtos.

Em 2010, o Energy Star aceitava uma declaração do próprio fabricante em relação à eficiência energética dos seus produtos. O Departamento de Auditorias do Governo dos EUA declarou que os requisitos deveriam ser mais rigorosos para se manter a integridade do programa e, agora, as empresas testam os seus produtos em laboratórios reconhecidos ou acreditados e mandam rever os resultados por um organismo de certificação.

Avancemos para maio de 2012 e a tão aguardada adição da categoria UPS ao programa Energy Star, que é um esforço conjunto da Agência de Proteção do Ambiente e do Departamento de Energia dos EUA. Para dar a todos os fabricantes de UPS a mesma oportunidade de qualificação, o Energy Star marcou o dia 1 de agosto de 2012 como a data efetiva para os registos de produtos UPS – uma janela de apenas 12 semanas.

A Schneider Electric entrevistou vários órgãos de certificação e, por fim, escolheu a UL (os antigos Underwriters Laboratories). Depois, tivemos de rever o equipamento e o processo de ensaios do nosso laboratório com a UL e pedimos-lhes que revissem os nossos procedimentos de ensaio de UPS.

Os testes Energy Star envolviam a medição da eficiência dos nossos produtos UPS sob várias cargas: 25, 50, 75 e 100 por cento. E, consoante o tipo de UPS, a eficiência tinha de estar acima de determinados níveis para obter a certificação Energy Star. Depois de concluídos os testes, a UL certificou os nossos resultados.

Esta conquista é o resultado de um esforço global da equipa da Schneider Electric. Graças ao incansável trabalho e extraordinário esforço da nossa equipa de Back-UPS em Taipei, Tailândia, e da nossa equipa de Smart-UPS em Billerica, Massachusetts, e ao grande apoio da UL, concluímos todos os requisitos no prazo de 12 semanas. A Schneider Electric acabou por ser o único fabricante a conseguir fazê-lo nesse período e é o primeiro a anunciar a certificação Energy Star para produtos UPS.

Em específico, oito dos nossos modelos de Back-UPS e três de Smart-UPS receberam a Energy Star.

O que significa tudo isto para os nossos clientes? Para receber a Energy Star, um produto tem de estar nos 25% melhores da sua categoria em termos de eficiência, o que significa que a Energy Star tende, geralmente, a definir o quarto superior do mercado em termos de eficiência. Dizemos muitas vezes aos clientes que a Schneider Electric oferece a tecnologia mais avançada e fornece produtos e serviços líderes. Para os nossos produtos UPS, receber a Energy Star é a prova que sustenta essas afirmações.

Naturalmente, também significa que os nossos clientes de UPS podem ter a certeza de que recebem produtos de grande eficiência energética, que lhes pouparão dinheiro ano após ano.

Dificilmente a história acaba por aqui, na verdade. Temos andado ocupados a testar mais sistemas UPS e esperamos que, em breve, também eles exibam o logótipo Energy Star. Mantenha-se atento a mais fantásticas notícias Energy Star da Schneider Electric.