No dia 5 de setembro, a Schneider Electric fez o que eu considero um anúncio muito importante: Os nobreaks Back-UPS e Smart-UPS da Schneider Electric são os primeiros sistemas de fornecimento de energia ininterrupta a receberem a certificação Energy Star. O modo como este resultado foi atingido é uma pequena história de iniciativa e de trabalho em equipe em escala global.

Os produtos nobreak foram adicionados à lista do Energy Star em 10 de maio de 2012; essa foi a primeira nova categoria de produtos a ser adicionada ao programa após a importante modificação do processo de certificação.

Em 2010, o Energy Star aceitava a declaração do próprio fabricante em relação à eficiência energética dos seus produtos. O Government Accountability Office (GAO) dos EUA apontou que, para manter a integridade do programa, os requisitos deviam ser mais rigorosos; assim, atualmente, as empresas devem testar os seus produtos em laboratórios aprovados ou acreditados, e ter os resultados revisados por uma entidade de certificação.

Avançando para maio de 2012, então ocorreu a esperada incorporação da categoria de nobreaks no programa Energy Star, como resultado de uma iniciativa conjunta da Agência de Proteção Ambiental (EPA) e do Departamento de Energia dos EUA. Para oferecer a todos os fabricantes de nobreaks a mesma oportunidade de certificação, o Energy Star estabeleceu como data de início da inscrição de produtos nobreaks o dia 1 de agosto de 2012, somente doze semanas após a incorporação da nova categoria.

A Schneider Electric entrevistou diversas entidades de certificação e, finalmente, escolheu a UL (anteriormente conhecida como Underwriters Laboratories). Depois, foi necessário revisar com a UL os aparelhos de teste e processos do nosso laboratório, e submeter à sua verificação os nossos procedimentos de teste dos nobreaks.

Os testes do Energy Star envolveram a medição da eficiência dos nossos produtos nobreak com diferentes cargas: 25, 50, 75 e 100 por cento. E, dependendo do tipo de nobreak, a eficiência devia superar certos níveis para merecer a certificação Energy Star. Completados os testes, a UL certificou nossos resultados.

Esta conquista é resultado do esforço da equipe global da Schneider Electric. Em virtude do trabalho incansável e do esforço incrível da nossa equipe de Back-UPS em Taipei, Taiwan, da equipe de Smart-UPS em Billerica, Massachusetts, e do enorme apoio recebido da UL, atendemos a todos os requisitos nessas doze semanas. A Schneider Electric foi o único fabricante que completou o processo no prazo estabelecido, e é o primeiro a anunciar a certificação Energy Star para produtos nobreak.

Especificamente, oito modelos Back-UPS e três modelos Smart-UPS obtiveram a certificação.

O que tudo isto significa para os nossos clientes? Para receber a certificação Energy Star, um produto deve estar entre os 25% mais bem posicionados de sua categoria em termos de eficiência; isto é, esta certificação tende a determinar os 25% de equipamentos que lideram o mercado em termos de eficiência. Com frequência dizemos aos clientes que a Schneider Electric oferece a tecnologia mais avançada, e produtos e serviços de vanguarda. Em relação aos nossos produtos nobreak, ter recebido a certificação Energy Star respalda essas afirmações.

Claro que também significa que os clientes que compram os nossos nobreaks podem ficar tranquilos sabendo que terão equipamentos de grande eficiência energética, o que vai ajudá-los a economizar dinheiro ano após ano.

Mas a história não acaba por aqui. Temos trabalhado fortemente testando outros nobreaks e esperamos que em breve eles tenham o logo do Energy Star. Por isso, fique atento para mais uma grande notícia da Schneider Electric sobre a certificação Energy Star.